Black Friday chegou ao Brasil em 2013! Prepare-se para comprar com grandes descontos.

Black Friday? Esta é a data que você deve saber para aproveitar as maiores ofertas, que são anunciadas por 24 horas (somente isso!). Por um dia inteiro, diversas lojas irão anunciar os produtos ofertados, todos com preços num patamar inimaginável em qualquer outro dia do ano. São muitas novidades que farão você ficar ainda mais interessado em aproveitar esta data que já é conhecida mundialmente.

E você já sabe quais serão as lojas participantes do Black Friday Brasil? Este ano, já têm empresas de setores diversos, sempre referências no ramo em que opera, além de ter ótimas recepções do seu público alvo. Presenças ilustres com as do Walmart e Americanas.com, duas das maiores lojas do e-commerce, garantem a importância deste evento online, que já tem cacife de ter em seu time estas e outras lojas de grande sucesso na internet.

Também participam desta próxima edição do Black Friday 2013: Netshoes, uma das melhores lojas para comprar calçados; Dafiti, um empreendimento que vem fazendo grande sucesso no comércio eletrônico. ; Saraiva , conhecidíssima livraria com renome nacional; Polishop , o grande sucesso do catálogo, da TV e da internet; Submarino, um dos maiores portais de produtos atualmente.

E tem mais: as ofertas da Compra Fácil, uma das líderes do varejo online; a Submarino Viagens uma extensão da grande loja para compras de passagens aéreas; a Giuliana Flores, a pioneira do comércio de flores e cestas de café-da-manhã na internet; as variedades de compras do e-Fácil; as opções de maquiagens e outros produtos relacionados à beleza do Época Cosméticos; e as ofertas para organizar suas viagens da CVC .

E isso é apenas uma pequena amostra do time das grandes lojas do comércio online. Veja a relação completa das lojas participantes durante o evento! Faça já seu cadastro.

Para aproveitar todos os descontos se cadastre no site oficial do Black Friday.

Dia do Frete Grátis chegou ao Brasil. Confira como participar

 

Comércio eletrônico prepara a segunda edição do Dia do Frete Grátis

Ação que acontece no dia 26 de abril aposta no desconto preferido dos consumidores e entra para o calendário do e-commerce nacional

O comércio eletrônico brasileiro promove dia 26 de abril, a partir da 0h, no site www.diadofretegratis.com.br, a segunda edição do Dia do Frete Grátis, ação promocional em que varejistas oferecem produtos sem cobrar pelo custo do frete. A data com foco no desconto preferido dos e-consumidores é uma iniciativa do Busca Descontos, portal que reúne cupons de desconto grátis dos maiores e-commerces do Brasil e responsável também pelos principais eventos do setor, como o Black Friday, Boxing Day e Cyber Monday. A expectativa dos organizadores é de uma maior adesão dos varejistas e consumidores.

“O frete é um fator que interfere diretamente na decisão de compra dos consumidores. Ao se deparar com um custo de frete elevado, essas pessoas podem optar por outros caminhos, como comprar em lojas físicas ou simplesmente desistir da compra”, conta Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos.

Um relatório da comScore, em parceria com a UPS, apontou que o frete grátis é o segundo critério mais importante para a compra no e-commerce, sendo lembrado por 23% dos consumidores. A ausência do custo do frete só perde para o preço do produto, que é o fator determinante para 26% dos entrevistados. No levantamento, 63% dos consumidores afirmaram que o frete gratuito já os levou a recomendar uma loja para os amigos e 68% dizem que o fator poderia levá-los a realizar esta ação. Ainda na mesma pesquisa, 55% dos consumidores afirmaram que já abandonaram as compras antes da finalização do pedido devido ao custo do frete ter tornado o preço final maior do que o esperado.

Um levantamento feito pelo instituto de pesquisas Officina Sophia, aponta que o consumidor que vive em cidades do interior do Brasil gasta cerca de 20% mais em compras no comércio eletrônico em relação às lojas do varejo físico. A pesquisa mostra que o consumidor que mora fora das capitais desembolsou num período de três meses cerca de R$ 1.400 em compras online com eletroeletrônicos, eletrodomésticos, equipamentos de informática e telefones celulares. No varejo físico, esse consumidor gastou R$ 1.151,90 com esses mesmos itens. Foram ouvidos 520 consumidores que compraram um desses itens no período de três meses.

“Muitas pessoas deixam de comprar pela internet devido ao custo excessivo do frete, especialmente às cidades do interior e regiões fora do eixo Rio-São Paulo. A ação do Dia do Frete Grátis, além de oferecer uma ótima oportunidade para quem já está acostumado a comprar pela web, visa também trazer novos consumidores para o e-commerce”, afirma Pedro Eugênio, CEO do Busca Descontos e idealizador da ação no Brasil. Eugenio acrescenta que o período em que ocorre o dia do frete grátis (final de abril) é marcado pela grande quantidade de buscas de produtos e vendas para o dia das mães, que acontece no segundo domingo de maio.

Outra pesquisa, realizada nos Estados Unidos pela AlixPartners, questionou os consumidores sobre quais são as principais razões para não comprarem pela internet. A maioria (37%) dos entrevistados revela que prefere visualizar e tocar o item pessoalmente antes de comprar, enquanto 36% afirmam que o maior empecilho é o custo do frete.

O Dia do Frete Grátis existe há cinco anos nos Estados Unidos, onde é chamado de Free Shipping Day. A última edição contou com a participação de cerca de 2300 sites, que faturaram US$1,01 bilhão, de acordo com a ComScore. No Brasil, a data aconteceu pela primeira vez em 2012, por iniciativa do portal Busca Descontos, que reuniu ofertas com frete grátis de 53 lojas virtuais brasileiras, como Netshoes, Magazine Luiza, LojasMM, Compra Fácil, Walmart.com.br, entre outras. Mais 1,8 milhão de pessoas realizaram cadastro no hotsite criado especialmente para o evento.

“O Dia do Frete Grátis 2012 teve um ótimo resultado, principalmente se levarmos em conta que essa foi sua primeira versão no Brasil. Para este ano, teremos um maior número de lojas participantes e também de consumidores”, conta Pedro Eugênio, CEO do Busca Descontos e responsável por importar a data ao país. O ápice de acessos ocorreu de manhã, entre 8h e 10h, outro dado que chamou a atenção foi a presença de novos visitantes no portal. Do total de acessos do Busca Descontos em 12 de abril de 2012, 69% acessavam o site pela primeira vez.

De acordo com o organizador do evento, não houve nenhuma reclamação ou denúncia sobre as ofertas no dia, fato que comprova que os varejistas entenderam a essência da ação.

Datas do varejo internacional americano têm sido bem aceitas pelo mercado de e-commerce brasileiro. A última edição do BlackFriday.com.br, realizada em novembro de 2012, movimentou R$ 217 milhões, de acordo com a ClearSale. Já o Boxing Day, que acontece sempre no primeiro dia útil depois do Natal, movimentou um montante de R$ 81,6 milhões em compras pela internet.

 

Crescimento deve atingir 24% no Ecommerce Brasileiro

O comércio eletrônico brasileiro deve movimentar R$ 28 bilhões em 2013, registrando um crescimento de cerca de 24% sobre os R$ 22,5 bilhões faturados em 2012. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (20) pela consultoria e-bit.

“Este ritmo de crescimento deve ser mantido pelos próximos anos, já que comprar pela internet é um hábito cada vez mais comum na vida das pessoas”, afirma Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos – portal que reúne cupons de descontos dos maiores varejistas do Brasil e responsável pelo Dia do Frete Grátis no país.

Segundo o levantamento, em 2012, foram realizados 66,7 milhões de pedidos, um volume 24,2% maior do que o registrado no ano anterior. Os eletrodomésticos lideraram as vendas on-line, com 12,4% do total. Na segunda posição ficou a categoria de moda e acessórios (12,2%), seguida por saúde, beleza e medicamentos (12%). Mais de 42,2 milhões de pessoas já fizeram, ao menos, uma compra on-line no Brasil. O tíquete médio em 2012 ficou em R$ 342.

O resultado de vendas foi impulsionado principalmente pelas vendas no segundo semestre. Colaboraram os resultados do Dia dos Pais, Dia das Crianças, natal e o Black Friday, que movimentou R$ 217 milhões em apenas 24 horas, segundo o ClearSale. No último natal, o faturamento no comércio eletrônico atingiu R$ 3,06 bilhões.